Dica: o que trazer na mala (versão 2.0)

Vou começar uma série de posts dedicado exclusivamente a todas as aspiras que são loucas o suficiente pra querer ser au pair. São dicas fundamentais (tá, adoro um exagero) para aquelas que ainda estão no início de processo. Processo esse que é longo pra caceta…

A dica que eu dou, antes de mais nada, é pesquisar bastante sobre tudo. Começando pela agência, depois o application, depois a escolha de família, cidade, escola e por aí vai.

Ao longo da pesquisa vocês vão encontrar um monte de informações desencontradas, porque né., opinião é que nem bunda, todo mundo tem a sua ( e dá quem quer, já dizia Sr.K :P).

Portanto, as minhas dicas aqui são baseadas na minha vivência (fonte nada confiável), o que vi por aí. Nada cientificamente comprovado. Mas espero de coração que ajude. Eu sempre vejo lá no grupo as meninas fazendo as perguntas que eu mesma fazia em início de programa né, e agora, quase 6 meses aqui, já posso me considerar veterana (?) e posso esclarecer sobre pequenos detalhes.

Vou tentar deixar o blog com mais dica possível, e menos diário (porque fofoca não ajuda ninguém, né?) e o propósito do Right Track sempre foi de ajudar aquelas que estão no mesmo barco (furado) que eu 😀

Bom, hoje vamos começar sobre malas. E aí, 05, o que você deve trazer das terras tupiniquim?

sente o desespero

Primeiro de tudo, você tem que pesquisar no site da companhia aérea quantos Kgs você pode trazer em cada mala. Resumidamente: se você ficar no lado leste dos EUA, e não precisar pegar avião depois do treinamento do Hotel (que fica em New Jersey, o da APC, Long Island, NY o da CC e acho eu que Connecticut o da APIA), você poderá trazer duas malas despachadas contendo cada uma até 32 Kgs.

Se você tiver que pegar voo doméstico depois do treinamento, então será duas malas de até 23 Kgs. Choraaaa galera, mas não muito. Depois de dois meses aqui você desejaria não ter trazido nada =P

Fora as malas despachada você ainda terá direito a trazer uma mala de bordo (certifique-se que a sua tenha o tamanho certo pra entrar no avião) com até 10 Kgs (nunca vi ninguém pesando mala de bordo), mas um bolsa ou mochila e ainda uma peça solta tipo um casaco ou um guarda-chuva.

Fazer mala é algo extremamente pessoal, e vai depender não só em que companhia aérea você vai voar, mas o lugar que você vai morar e claro, suas necessidades individuais.

Eu vou tentar dar a visão prática das coisas, tentar desmitificar o monstro do “fazer as malas”, pra que você, futura colega de senzala, não chegue aqui se descabelando. Believe-me você vai precisar de toda sua sanidade quando estiver aqui!

Se você for para lugar frio: aqui em New jersey, leste do EUA e para o norte, as estações são bem divididas. Primavera, com flores, verão bem quentão (sim, peguei 40ºC, o que pra mim não é nada :P), outono com árvores coloridas e folhas caindo o tempo todo, e inverno, com neve e temperatura de até -11ºC (hoje por exemplo deu 10ºF).

O que isso significa? que bem, calor mesmo você vai ter só no começo de maio e vai até final de Agosto mais ou menos. Depois a temperatura começa a baixar e não levanta mais. O outono pra mim já era um mega inverno rigoroso.

Mas porque (é junto ou separado?) carga d’aguas eu tô falando isso? bom porque não adianta minha amiga, trazer aquela sua coleção de havaianas se você tá indo morar em Boston. Eu por exemplo fiz a burrice de trazer minhas roupas pra cá, até bastante viu, e putz não precisava, eu usei elas por dois meses e só.

Como eu morava no Rio, eu só tinha roupa de verão e umas jaquetinhas muito das mulambentas, e guess what? Filha usei foi no verão (os ar condicionados daqui bombam) e nem para o outono serviu, nem pra fazer cosquinha. Desde Setembro, está tudo encostado (chinelo, sandália, regatas) e de lá só saírão agora em Maio.

Se você tem roupa de frio (pra galera que já mora mais lá para o Sul) traz algumas peças básicas pra você não ter que sair gastando dinheiro aqui. Mas traz só o necessário, porque como aqui é muito barato, você vai acabar por renovar seu guarda-roupa aqui e nunca mais vai querer comprar nada no Brasil, eu juro (por mim mesmo, por Deus, por meus pais…).

Eu era mega contra essa filosofia de traga o necessário. Mas quando o frio chegou eu tive que fazer um enxoval de inverno, e percebi que não vou mais usar nada que eu trouxe.

Mas assim, né, vai também do planejamento de cada um. Eu sou uma planejadora freak por natureza, então eu tinha planejado trazer minhas roupas e não comprara nada que fosse de verão. E foi o que fiz. (só que eu deveria ter trazido menos).

Quando o outono chegou, o dinheiro que eu tinha economizado eu puder gastar com o meu “enxoval” de frio: casaco de neve, botas de neve, cachecol, luva, e essas coisas.

Como aqui tudo é muito barato, infelizmente existe uma grande possibilidade e você adquirir esse terrível hábito de fazer compras. Coisas que você nunca imaginaria comprar no Brasil (correção, coisas que EU nunca imaginaria comprar no Brasil #fudida) aqui é tão preço de banana que quando você percebe PUFT cadê aquele salário que tava aqui?

Meu exemplo: eu peguei uma tara por roupa de ginástica. Primeiro que eu acabo usando muito aqui, seja pra malhar ou seja pra trabalhar, segundo que no Brasil essas coisas são tão ridiculamente cara. Quando eu malhava na terrinha, eu acho que devia ter uns dois conjuntos de academia, era usando um, e o outro lavando, porque eu me recusava dar muito dinheiro em roupa de malhar, e olha que eu ía comprar na C&A, hein?

Aí você chega na TJ MAXX e acha conjunto adidas, puma, nike, columbia, até the North Face, por um preço que Centauro nenhuma vai te oferecer. Nunca… jamais. E, aí eu penso, é também algo que posso usar de volta no Rio, então não deixa de ser um bom investimento.

Agora, pra quem vai ter que comprar roupa de inverno, prepare-se, porque sim é bem barato (em comparação com os preços do país de origem) mas ainda meio caro para o bolso de uma au pair. Principalmente outwear clothes (que são aqueles casacões que você só usa do lado de fora).

Claro que você que vai lá para os lados da Califa, Arizona, vai tá no calor, então um gasto a menos. Mas pra você que vem para o frio, não faça a imbecilidade que eu fiz trazendo todo seu gurada-roupa de verão, que você vai ter muito pouco tempo usar. Essa é a hora de cultivar a cultura do desapego!!

Então, na boa, vem trazendo o necessário. Coisas pra você usar no primeiro mês, pra você ir se planejando, vendo bem o que você vai comprar.

Uma mala de 32 Kg tá mais que suficiente. E eu odiei vir carregando uma mala de bordo, cansa, e eu não conseguia colocar no compartimento de cima, tinha que pedir pra alguém. Ao invés de mala de bordo eu aconselharia uma frasqueira, até porque quando você voltar, as malas terão triplicado.

Produtos pessoais: ah isso eu aconselho trazer. Para que você não chegue aqui comprando tudo na correria. Tem família que providencia essas coisas para au pair, mas tem muitas que não (eu sempre no grupo que participam da fodelância).

Então traz seu desodorante, seus hidratantes,  até você poder se familiarizar com os daqui. Eu trouxe bastante coisas e nem me arrependo porque são coisas que você usa e não vai fazer volume depois. Tudo bem que eu dei uma exagerada e ainda tenho um monte de coisa tipo, desodorante, hidratante (da natura ainda) e até shampoo e condicionador.

Agora, a dica mais preciosa de todas: prefira trazer suas roupas velhas pra colocar pra trabalhar e deixar pra comprar aqui as roupas bonitinhas de sair. Porque você, cara aspira, vai descobrir (como já falei isso aqui outras vezes) que você vai andar mais mulambenta possível pra trabalhar. Não faz sentindo vir com sua roupa nova e chegar aqui pra compar moleton (como eu fiz ¬¬).

Bom, no geral é isso. Desculpa aí, ficou enorme, né? Eu preciso aprender a ser sucinta. É que eu adoro um detalhe, gente.

Eu iria tentar fazer uma lista do que fazer, mas não dá. Porque, again, vai depender do peso que você pode carregar, do clima do lugar que você vai, da época que você for chegar (se é verão, se é inverno) então, não dá pra ter uma formula.

Quem não se lembra, eu contei o que eu trouxe nesses posts que eu fiz sobre malas, parte 1 e parte 2.

Beijos pra quem fica!

Ps se vocês quiserem muito eu posso “tentar” fazer lista. M

Anúncios

3 comentários (+add yours?)

  1. Renata Kerche Patteti
    Jan 06, 2012 @ 12:14:53

    Muito bom Luna, Parabéns!!!…sempre com excelentes posts “utilidade pública”!!! hahaha…estou indo para NJ em 10/02, nem comecei a separar minhas coisas ainda mas já pensei em levar 1 casaco no avião e ir com outro na bagagem para não ter que comprar logo na primeira semana, o que complica a minha vida é vou chegar no inverno, ou seja, as roupas de frio ocupam mt espaço na mala ‘¬¬…mas enfim, já estou praticando o desapego e doando roupas, pretendo classificar em, “doar/levar/ficar”, vou levar somente o necessário, como vc disse, para trabalhar, as que vão ficar são as especiais que não há necessidade de levar e não pretendo doar, mas são poucas…quase nada, e todo o restante eu vou doar sem dó nem piedade!!!..sem contar que nos primeiros dias eu repito 300x as msmas roupas até q eu possa (leia ter condições) montar um guarda-roupas decente!…eu preciso confirmar c a atual au pair da minha família como ela se veste no dia a dia, pq terei 1 casal de gêmeos de 9 anos, ou seja, tenho q acompanhá-los nas 500 aulas e compromissos q eles tem, então terei q trabalhar “arrumadinha”….dizem q é bom levar bastante roupa intima e bikini pq ai é mto caro…é vdd?…vi q vc levou somente 4 esmaltes…eu vou levar 1 tonelada…adoro….hahah to brincando, mas vou levar pelo menos uns 10, e das cores q eu uso mto vou levar 2!!!…..colorama e risque não há como ficar sem…duram bastante na unha…bom é isso, mais uma vez parabéns!….Bjos…..ps.: vc continua achando q só vc escreve mto? ahahahaha

    Responder

    • Luna
      Jan 06, 2012 @ 12:57:23

      ahahahah não Renata, acho que você tomou meu lugar, quase fez um outro post 😀

      Então, sabe o que você vai descobrir? Que no subúbio a galera anda de moletom mesmo e até de pijama. Mesmo você ter que sair (eu também tenho que levar meu moleque pras atividades deles) você acaba meio que largando o fooooo aahhaha È que que acontece com 15 em cada 10 au pairs brasileiras. As alemãs mantém a pose 😛

      Eu trouxe pouquinho esmalte mesmo, e se você gosta de esmalte traz o seu que aqui é carinho o vidrinho. Eu perdi o hábito de pintar unha aqui na correria, eu só tiro a cutícula. Só vim pintar a unha agora no ano novo, mesmo assim, de clarinho pra não dá trabalho 😛

      Então, olha sutian e calcinha não é caro não, claro victoria secrets é mais salgado mas quando entra ns promoção daí é tranuilão de comprar. Só as calcinhas que ou é fio dental ou calcinha de vovó, não tem meio termo.

      Qualquer coisa, é só perguntar 😀

      Beijos e boa sorte!

      Responder

  2. Renata Kerche Patteti
    Jan 06, 2012 @ 13:19:24

    Ok…Ok…acho q vou incorporar meu look mendiga esporte chique que já uso em casa para as ruas de Maplewood! hahaha…vlw Luna…bjos

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 40 outros seguidores

%d bloggers like this: