Carrie cade você, minha filha?

Segundona começando e parece que um trator passou em cima de mim. Essa é a sina da maioria das au pairs, é aproveitar o máximo o fim de semana e ficar na derrota na segunda feira. Descansar pra que? deixa pra descansar quando o intercâmbio terminar 😀

Enfim, daí hoje levantei com um principio básico de gripe, garganta inflamada e o corpo todo dolorido. Sair da cama foi duro. Deu 9 horas voltei pra cama e de lá não sai mais.

Dai cutuca o computador daqui, vê foto dali, achei mais videos que fiz na primeira vez que fui turistar pela City (ahhhh NYC <3). Até fiz um post sobre isso, que era na rua da Carrie Bradshaw (não leu? Clique aqui!)

Então aproveitei esse marasmo de não sair da cama e editei o video. Então, pra quem tá aí sem nada pra fazer, toma mais um lunavlog do dia.

Beijos pra quem fica!

Nadando no mármore

Uma das atrações de Manchester é um lugar chamado Marble alguma coisa (sorry, esqueci de anotar direito o nome do lugar).

É um local aonde no passado se tirava mármore. Com tanta escavação (nem sei se essa é a expressão certa) ficou um buraco no lugar e acabou formando um rio.

o desenho do lugar quando era mas pena que o sol atrapalhou a foto

Então o povo se junta lá ao redor pra nadar, fazer um picnic, tirar uma nap enfim, como se fosse um parque mas com um rio no meio. Bem agradável.

Ah! Uma dica: sempre que for num parque tenha em mãos um frisbee com você. É super normal aqui todo mundo joga frisbee, fofinhas, fofos, fofos avós e avôs.

Eita visão

Tá a água é bem fria e leva um tempo pra acostumar.

E outra coisa interessante, minhas fofinhas tem o hábito de levar mil apetrechos pra nadar. São incontáveis macarrões, boias, pranchas, uma senhora parnafelhada. Fico até com vergonha quando chego no lugar e elas lá, cheias de boias na cintura, macarrão numa mão, prancha em outra. Sempre que vejo a cena me lembro do kiko em Acapulco.

e isso não era tudo, tinha mais

Então fica aí a dica pra quem pensa em algum dia visitar Manchester. E o melhor, que é super zero oitocentos.

Beijo pra quem fica!

Quem não cria, copia :P

Quanto tempo pessoas!

Semana agitada acabou dando nisso: blog parado. Sim, porque pra mim 5 dias sem nenhum post é muita coisa. Já falei pra vocês que adoro essa brincadeira aqui, e mesmo que seja um blog pequeno de poucas visualizações, eu sempre faço questão de atualizar o blog o máximo que pode.

Futucando lá o grupo, esbarrei com um texto do Luca (eu te avisei que iria fazer um Crtl C – Crtl V) e vou deixar aqui de reflexão para as futuras au pairs e para mim também, porque não?! 😛

“Foi por isso que eu decidi ser au pair, por mais que alguns não concordem, a maioria aqui tem uma vida confortável no Brasil e quase nenhum está preparado para ser um au pair.

No Brasil aqui a maioria está com os pais, vive bem e tem uma vida sustentável, muitos trabalham e fazem faculdade, mas por mais que não concordem, isso não é a vida adulta, é apenas um estágio de transição. 

Aqui você está só, por si só, você só depende de você mesmo e tem que aprender a agir sozinho (a), pela primeira vez só depende da sua pessoa ir para frente, é aqui separamos quem está pronto para a vida adulta e quem quer ficar no mundinhos das fadas, ser au pair é ser subnegado, é sofrer seja por achar que está trabalhando muito, que não é justo, que não é bem tratado ou simplesmente por sentir falta da família.

É fazer tudo e ver como era difícil a vida daquela sua empregada, daquela sua babá, daquela pessoa que muitos deixaram pra baixo e hoje você faz e vê como é difícil, cansativo e DIGNO é, ser au pair é crescer. 

Não é cuidar de criançar, é simplesmente ser pai, mãe, irmão, irmã e amigo ao mesmo tempo, é ajudar no crescimento pessoal seu e das crianças. Você pode pagar para fazer um curso de línguas no Canadá, pode pagar para passar 3 meses passeando na Inglaterra com a desculpa de aprender inglês, mas existe uma coisa mai importante que se aprende sendo au pair, o valor do mundo.”

                             Beijo pra quem fica!

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 40 outros seguidores