Irene Furacão

Se o nome do furacão fosse Hilda, o trocadálio ficaria tão perfeito 😛

Mas enfim, estava eu aqui super na dúvida se deveria escrever sobre o furacão Irene isso ou não. Então pensei, por que escrever? Por que não escrever? Por que escrever? Por que não escrever? Escrevi!!

Primeiro pra dizer que tudo está bem, que ao contrários das expectativas a Irene chegou sim aqui em Vermont. Fez muito estragos mas na cidade que estou não tanto. Chegou aqui em Manchester em formato de uma tempestade forte com muito vento.

O tempo mudou da água para o vinho e pra mim foi como estivesse no inverno no Rio, meus fofos riram de mim quando contei que era assim o inverno que eu conhecia. Me olharam com uma cara de você está muito fud$%#a quando o inverno chegar.

As estradas aqui alagaram, os rios transbordaram e um bebê urso foi visto rondando a vizinhança (apesar de tal fato nada ter a ver com a Irene, mas achei curioso retratar anyway) mas apesar disso, nada de grave ocorreu.

Também não houve nenhum alerta de evacuação aqui em Vermont, apesar de ter ouvido sirene o tempo todo em durante todo o Domingo. Estávamos (eu e a fofaida toda) num cinema assistindo Smurfs (uma merda-foda!!) e assim que o filme terminou o cinema foi fechado porque a sala que estavamos estava inundando (ó que beleza!).

Voltamos pra casa e por lá ficamos. A ordem era carregar celular e todos os eletrônicos porque existia uma grande possibilidade de ficarmos sem energia. o que de fato aconteceu, de noite ficamos sem luz mas ela até que voltou rápido, no dia seguinte, lá pra 11 horas da manhã. Ufa, ía poder fazer café, um problema a menos (porque sem internet, sem luz e sem cafeina não dá pra viver né gente?!).

De manhã já podia se ouvir o barulho das maquinas trabalhando pra colocar as coisas no seu devido lugar. Pais civilizado é outra coisa.

Em Abril de 2010 teve uma mega tempestade no Rio de Janeiro (lembra não? Então clica aqui!), e foi enchente pra tudo quanto é lado (enchente pra você, enchente pra sua vaca) os estragos foram imensos. Depois de um ano ainda muita coisa não estava no lugar. Um morro inteiro veio a baixo milhares de pessoas morreram (tá, milhares também é exagero) fora que nenhum alerta tinha sido emitido de modo que quando a tempestade chegou, pegou todo mundo desprevenido.

Olha que foi só uma tempestade, nem chega perto de um furacão. Mas voltando ao assunto…

Aqui todo mundo se preparou para quando a tal da Irene fosse chegar. Em NY as pessoas compraram velas, comida e gasolina aos montes. Aqui em Vermont o impacto foi bem menor, o maior estrago (depois de algumas estradas inundadas) foi no sistema de tratamento de agua. Sei lá o que atingiu os canos e ficamos proibidos de tomar agua da bica, tinha que ferver antes.

aletra de evacuação em NY

Vários estabelecimentos acordaram fechados no dia seguinte, seja pela falta de água ou pelo fato dos funcionários não terem conseguido chegar ao trabalho.

Minha preocupação maior estava toda voltada em NY. Fizemos uma corrente por celular pra saber como as coisas estavam lá por Westchester. Como eu moro no porão estava meio desesperada preocupada em saber se iria chegar com as coisas todas no lugar. Meus fofos me garantiram que sim, porque a casa fica num topo então a tendência da água é escorrer pra baixo. Então tá.

Eu sei que por lá, muitas árvores cairam, casas estão sem luz até agora (minha amiga é uma delas) e inclusive essa amiga minha ficou presa na casa porque uma árvore caiu e bloqueiou a passagem. Fora que inumeras estradas ficaram inundadas o que ilhou muita gente também.

Fofos entraram em contado com os vizinhos e eles asseguraram que estava tudo bem na nosso quarteirão, que nem luz faltou milagrosamente.

Então é isso gente, essa foi minha experiência de estar no meio do furacão. Tá bem, não tão no meio  assim, mas foi bem tenso. Mais preocupada mesmo com o povo que estava em NY. Toda hora ligava pra saber se todo mundo estava bem. Não quero nem imaginar como deve ter sido com o Katrina em New Orleans.

Então tá gente,

encerro aqui minha brve carreira de correspondente internacional,

Beijos pra quem fica!!

Ps.: imagem tirada daqui!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 38 outros seguidores

%d bloggers like this: