Tudo (ou quase) sobre as Leis de Trânsitos

E lá vamos nós para mais um post informativo, como prometi vou falar das leis de trânsito dos EUA. Preparem-se galera para todos ZZzzzzzzzzz

Brincadeirinha gente, vou tentar fazer um post não tão chatão assim, viu?! Esses informativos são boring mais super necessários.

Já contei a delícia que é na vida de uma pessoa dirigir um carro automático, pois é, agora vamos as regras!

Quando você vir essa plaquinha aí debaixo escrito YELD, significa, dê a preferência. Aí já sabe, você dá aquela paradinha marota pra vê se vem carro na outra direção. Se vier, ele tem a vez e você espera ele passar.

Os sinais de trânsito ficam todos pendurados, uma confusão. Na verdade, as vezes eu não sei nem qual o sinal que eu deveria me ater. Por causa disso, acho até que passei um vermelho sem querer (tá vendo a enrolada aqui, né?!).

Presta atenção nisso pra ninguém levar buzinada: os dois sinais opostos abrem juntos, tipo um de um lado e outro de outro. E como faz se você quiser virar a esquerda, por exemplo?! Daí você vai até o meio da pista, empata todos os carros que querem seguir reto e estão atrás de você e se f*de esperando ter uma brecha pra você virar porque os carros que saem reto (do lado oposto) é que tem a preferência. Sim, é a coisa mais mal feita do mundo!! Você fica lá, debaixo do sinal verde esperando pra virar a esquerda.

E estão vendo essas faixas no chão?! Pois é tem que obedecer certinho, senão pode até causar um acidente. As faixas sempre indicam que direção seguir. Se estiver escrito ‘only’ com uma seta pra esquerda, significa somente os carros que vão virar a esquerda podem ficar naquela faixa. As vezes tem uma plaquinha pendurada junto com o sinal pra indicar em que direção você pode seguir naquela faixa específica.

Pra terminar com essa budega de sinais, a coisa mais estranha do mundo, você pode virar a direita quando o sinal estiver vermelho se não houver nenhum carro vindo ou se não tiver uma placa avisando que não pode virar. Se não tiver placa avisando que não pode virar, então você pode virar feliz (esse parágrafo ficou confuso ou foi impressão minha?!).

Agora vamos falar dos School Bus. Eles estão em todos os lugares. Primeira vez que vi um fiquei toda boba pensando “é igual nos filmes’. Depois você vê essa coisa amarela atrapalhando seu caminho meio que enche o saco. O que acontece é que sempre que um School Bus pára, nós também paramos. Não importa a direção, você sempre vai parar quando uma dessas caixas de fósforos amarelinhas parar.

Estão vendo essa plaquinha de Stop no lado dele? Então, essa coisa fica pra fora quando o ônibus pára avisando a todos os carros de todas as direção para pararem. Esses ônibus também são proibidos de passar no sinal vermelho pra virar a direita. Podem imaginar o saquinho que é ir dirigindo atrás de um desses?! Pois é, espere nunca estar atrasado e ficar parado atrás de um School Bus.

Plaquinha de Stop: tem que parar por completo ou você pode levar uma multa. Não precisa fazer igual a mim que parava totalmente num lugar quando via a placa acahava que tinha que parar certinho na frente dela mas ficava difícil de ver a estrada. Você pode dar uma paradinha e para por completo num lugar que você tenha visibilidade para ver os carros pela estrada. O que não pode é sair ignorando a placa ou dar aquela paradinha de brasileiro sabe, qualé?! Vai devagar mas nem chega a parar. Confesso que é duro no começo, eu mesma já dei umas ignoradas assim sem querer.

De vez em quando não tem placa nenhum, só uma faixa de pedestre no chão. Se algum candago resolver pisar por ali, você também pára. Diferente do Brasil, o pedestre sempre tem prioridade. Inclusive aqui aonde moro é só estrada e tudo sem calçada, quando tem algum sem noção fazendo cooper pela estrada e tem carro vindo do lado oposto eu tenho que parar ou ir muito devagar para dar mais espaço e garantir a segurança do pedestre.

É engraçado, porque no Brasil o motorista é que tem o poder e foda-se o pedestre. Primeira vez que vi isso aqui achei de uma frescura mas agora já estou me acostumando com isso.

o parquímetro

O parquimetro: não é nenhuma coisa do outro mundo. Basta colocar nesse buraco aí moedas de 25 cents. Pra cada 25 cents, vale meia hora. Quando você coloca a moeda, já aparece o tanto de hora disponível que você tem.

Se você vir uma placa escrita “permit parking” não estacione lá. Essas vagas são das pessoas exclusivas que pagão por mês para deixar o carro lá. na estação de trem tem muito, da galera deixar o carro lá e ir pra city trabalhar. Se você colocar seu carritcho lá, você pode tomar uma multa.

coisa linda da mamãe 🙂

E pra terminar, para os curiosos de plantão, esse aí é o meu possante. Já adorei meu carro desde do primeiro dia que vi. Ele é todo imundo por dentro das besteiras que as kids comem mas eu adoro ele mesmo assim. É meu maior companheiro, sem ele não posso fazer nada aqui (aí que drama!).

Por hoje é so galera, bom final de semana 😀

E beijo pra quem fica!!

Anúncios

2 comentários (+add yours?)

  1. Aline
    Ago 05, 2011 @ 18:36:49

    Drama nada! Sem carro nao da pra fazer naaaaaaada a’i mesmo….q saudade do meu Pilot! hahahaha

    Bjsss

    Responder

  2. Aline
    Ago 05, 2011 @ 20:00:47

    Que liiiindo o seu carro! *-* hhahahahaha

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 38 outros seguidores

%d bloggers like this: