Behind the Wheel

Olá pessoas!!

Hoje vou falar um pouco de direção, como são as regras de trânsito aqui e até como estou me saindo. Lembrei de fazer esse post porque todo mundo que chega aqui (inclusive quem vos escreve) já levou uma buzinada por ficar parado no sinal vermelho quando se podia perfeitamente virar a direita. Confuso, né?! Eu sei, por isso que vou esclarecer tudo pra vocês.

Também ontem não foi meu dia como motorista, fiz umas balizas horríveis, fiquei até com vergonha de mim mesma, toda vez que saía pra ver a situação do carro eu pensava, se eu fosse um policial eu dava multa nesse carro porque o motorista só pode estar bêbado, de tão torto que o bicho estava. Mas estava dentro do espaço, então tá bom, né?!

Enquanto todas as inseguranças das meninas voltam-se para o Inglês o meu era sempre na direção. Eu tirei a carteira de motorista para fazer o programa  e não tinha tanta experiência assim Behind the Wheels (expressão muito usada aqui que significa atrás das rodas, tipo, dirigir :D). Me dava uma pontada no estômago só de pensar em ter que dirigir num lugar tão diferente.

Nunca me achei a pior motorista também, mas no Rio o trânsito é caótico, os cariocas são extremamente mal educados e ninguém nunca respeita as leis. Aí já viu né?! É terra de Malboro. Outra coisa que pegava é que eu só dirigia nos finais de semanas e sempre com algum tipo de co-piloto, o que é péssimo. Você se sente insegura, porque a pessoa sempre acha que o jeito dela de dirigir é o certo.

O melhor jeito de ter confiança pra dirigir é encarar você mesmo sozinha e vai. Você vai fazer algumas merdas mas tem gente com 20 anos de carteira e também faz merda. Então encara!!

Então vim pra cá com esse sentimento de será que dou conta de dirigir? E no meu primeiro dia (primeirão mesmo, aquele que você encontra sua família) meu host já me colocou pra dirigir. Olha,  se o carro não fosse automático eu acho que eu teria deixado ele morrer porque eu fiquei tão nervosa que meu pé tremia tanto.

Não fiz muita coisa, só segui uma ruazinha, mas né, tava cansadona e já era de noite, e minha rua não tem poste (porque eles acham que a luz dos potes tiram a privacidade dos moradores… um aff gigante para esse povo). Mas beleza fui,e não causei nenhum acidente 😛

Depois disso continuei tendo aulas com o meu Host (ó que delícia!!… NOT) mas também com um instrutor que foi me explicando as leis de trânsito daqui, e me apresentando as cidades e os lugares e os caminhos. Foi ótimo!

Primeiro de tudo: carro automático é molezinha. Já brincaram de cart? Então é como correr de cart. Você só tem que acelerar e frear. Preciso dizer que não quero mais outra vida?! Inclusive já peguei uns vícios por causa  disso, exemplo: como minha perna esquerda ficou super sem função, ela fica lá jogadona, as vezes ela fica até cruzada de tão relaxada que a bicha fica.

Outra coisa, a mão direita também perdeu sua função ( a de passar marcha) então muitas vezes eu fico cutucando a unha com a boca enquanto eu dirijo (um ECA bem grande pra mim) ou ela fica apoiada num treco que tem aonde seria pra passar a marcha. Alias, tenho certeza que vou esquecer de passar a marcha quando tiver que dirigir um carro manual de novo. O carro vai ficar lá berrando em primeira marcha eu nem aí pra ele 😛

Agora, a coisa ruim que eu acho do carro automático é que as vezes tenho a impressão que ele está na marcha errada. Normalmente isso acontece quando tô fazendo ladeira, tipo o motor fica lá gritando e eu sempre brinco com as meninas falando, gente muda a marcha! Quando isso acontece (e super me incomoda ver o ponteiro do conta-giro ficar que nem um louco em 3 Rpm) eu acelero um pouco mais, o carro da um tranco, como se estivesse mudando mesmo de marcha. Aí vai!

As vezes eu acho que o carro automático estica muito a marcha antes de mudar. você arranca e ele não faz menção de trocar, que nervoso que dá! Eu tenho a impressão que gasta mais gasolina com isso. Olha só que fudida eu mendigando na gasolina, mas é porque no Estado que eu moro a taxa é mais cara.

Chega de enrolação aí vai: Tudo que vocês precisam saber sobre como dirigir o carro automático (fácil fácil!!)

a marcha e aonde deve posicionar: P, R e D4

P de parking. Toda vez que você parar o carro (tipo estacionar) você deixa em P. E nem precisa levantar o freio de mão, o carro fica lá parado todo bonitão. Eu particulamente levanto o freio de mão por puro hábito.

R é de reverse. É a nossa ré, quando você for dar ré, deixa em R.

D4 é pra sair com carro. Deixa ele lá e pronto, você não precisa mais tocar na marcha.

E os outros? Não faço a menor idéia. Sei lá pra que que serve. Eu nunca tentei, e ninguém me contou e nunca tive curiosidade de saber. Como eu não sou aficionada por carro, eu só quero saber como faz pra andar com ele mesmo e tá muito bom. Se alguém souber me avisa 😛

Ah! E antes de mudar a marcha você tem que pisar no freio, se não ela não vai. Fica stuck. Sempre que você for trocar de marcha o carro tem que está totalmente parado, nunca em movimento. E no painel sempre marca em que marcha você tá, ali perto da onde marca a gasolina, do lado direito.

Eu não tava nem um pouco acostumada com carro potente. eu aprendi a dirigir num gol bolinha, 1.0 e à gás. Tem noção da fudideza? Toda vez que tinha arrancar o carro eu tinha que pisar fundo. Isso me deixou um vício de sempre pisar forte pra arrancar. Aqui tive que aprender a ser mais gentle com o pedal.

Outra coisa, eu achava muito estranho ficar as vezes sem encostar em pedal nenhum, acabava pisando no freio porque achava que meus pés deviam fazer alguma coisa, e não ficarem lá paradões. Um dia meu host chegou e disse que eu usava muito freio, pra eu usar menos, que era normal eu ficar as vezes sem frear e acelerar por muito tempo.

Agora já me acostumei com isso, já conheço as curvas e os buracos, já sei até aonde acelerar, aonde o carro vai embalar e as quais são as curvas mais fechadas. O único efeito colateral de frear menos é que as vezes me distraio e quando eu fui ver já passei do limite de velocidade. Depois de aprender a dirigir sem frear o tempo todo eu comecei a ultrapassar o limite de velocidade mais facilmente.

Vocês vão ver que a coisa mais fácil do mundo aqui é não estar no limite de velocidade porque ele muda a cada esquina. Mas tudo bem se tiver umas 5 – 1o milhas a mais do speed limit, acho que não tem problema. Só evita fazer isso perto de escola aonde tem mais fiscalização.

Dando a ré: pois é, no Brasil você nunca pode, em hipótese alguma tirar as mãos do volante, até pra dar ré. Então a gente tinha que aprender a se basear sempre pelos retrovisores. Aqui não, pra fazer ré você vira todo o corpo pra trás e apoia uma mão no banco do carona, e a outra no volante (é claro). faça esse malabarismo de cinto de segurança ainda por cima. Juro que da primeira vez fiquei com receio de meu pé não alcançar o pedal (sou pequena minha gente).

Porque aqui eles são acostumados a nunca confiarem no retrovisor. Todo espelho no carro vem escrito algo como: lembre-se que pelo espelho um objeto pode estar mais longe do que parece. Beleza, também já me acostumei com isso. Alias, tô tão impressionada com a minha capacidade de adaptação. Eu sou mais adaptável do que imaginava ser 😀 (só uma observação)

Aqui se vê a velocidade em Milhas por hora e não em Km/h. Tranquilo também, não precisa surtar por causa disso. Em vez de você andar a 60 Km/h você vai estar aproximadamente a 40 Milhar/h. Fica tranquilo que isso não vai fazer nenhuma revolução na sua vida 😛

E pra finalizar: os policiais ficam escondidos em esquinas ou arbustos, a gente nunca sabe, mas sempre é bom imaginar um bom lugar pra eles estarem. Uma vez vi um policial entrando num posto 24h e qual não foi minha alegria ver ele saindo com uma rosquinha. Só faltou o óculos aviator pra ficar mais clichê.

ATENÇÃO: Se uma viatura estiver atrás de você e acender a sirene, você tem que encostar o carro e ligar as luzes. Já saca logo os documentos. Como a Au Pair aqui é cagada de urubu, é claro que já fui parada por policial. Calma também que não foi nada demais. Tava no carro de uma amiga que está de escapamento furado e um dos faróis queimado (esse carro foi carinhosamente apelidado por nós de subúrbio) e virando uma esquina apareceu um policial que ligou logo a sirene.

Ele tinha parado o carro pelos escapamento e o farol. Acho que ele devia estar dando em cima da motorista porque ele ficou hooooras com a  gente com aquela lanterna virada bem na nossa fuça. Foi tranquilo, ele liberou depois de uma resenha, deve ter ficado com pena quando dissemos que éramos Au Pairs 😛

Bom, seguindo essas dicas o resto é com você e o seu senso de direção. Lembrem-se que aqui os carros são maiores porém as vagas também são maiores. Eu tive que me adaptar a isso, eu dirigia um carro pequeno, e agora dirijo um com bunda (sabe, com a mala grande?!).  O que era um saco na hora de estacionar, né não?!

Não adianta, dirigir é na prática, vai sem medo de ser feliz.

Beijo pra quem fica!!

Ps como esse post ficou enorme, pra variar, farei outro falando especificamente das regras de trânsitos. Não se preocupem, ninguém vai precisar levar buzinada quando chegar aqui 😀

ps 2 : “Give some gas”, significa acelerar. A primeira vez que ouvi isso eu fiz tipo ohhhhhh ( o garra). Tô avisando caso alguém fale pra vocês não ficarem com aquela cara de ãh(?), que eu fiquei.

Anúncios

15 comentários (+add yours?)

  1. ana gabriela
    Ago 04, 2011 @ 20:15:58

    Oi Luna!! Ameeei seu post , pois a minha preocupação com didrigir é muita, nem to ligando para meu ingles rsrs, já estou esperando o proximo post!. bjs!!! e obrigada

    Responder

  2. Carolina Mota
    Ago 04, 2011 @ 20:30:43

    Se for que nem aqui no Brasil, 1 e 2 são marchas mesmo, tipo em carro manual, você usa quando estiver numa laderia muito inclinada, é raro.
    Amo seus posts (;

    Beijos!

    Responder

  3. Aline
    Ago 04, 2011 @ 20:35:22

    hahahha Super informativo esse post!
    Ainda estou na fase de tirar a carteira de motorista, e sinto que não irei praí com aqueeela prática, não sei se é bom porque não se tem “vícios” ou se é ruim porque rola uma insegurança básica. hahaha Mas você tá certa, o negócio é “meter a cara” e aprender, essas coisas só se aprende praticando.

    Beijos

    Responder

  4. Marysila Oliveira
    Ago 04, 2011 @ 21:01:40

    Me lembrei de uma matéria do Auto Esporte que vai te ajudar bastante com os carros automáticos. Ao contrário do que as meninas (e os americanos tb) dizem, o D1, 1 e 2 têm função sim, e muita. E o que você falou sobre o carro demorar muito pra trocar de marcha, sobre ele ficar langanhando nas ladeiras é pela falta do movimento na marcha. E deixar sempre no D2 gasta mais gasolina sim e diminui o rendimento do poderoso.
    Sobre os retrovisores, eu não concordo com a virada pra trás ao dar ré, pq vc perde a visão da frente do carro totalmente! Já pensou se o carro dá uma zica e vai pra frente ao invés de ir pra trás e atropela alguém ou bate?! Pois é, o DETRAN já pensou. É por isso que aprendemos a dar ré olhando pelos retrovisores.
    Por mim os seus posts podem ser maiores que eu vou adorar do mesmo jeito.
    Bjs!!!

    P.S. o link da matéria (um vídeo): http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1527894-7823-VEJA+COMO+USAR+O+CAMBIO+AUTOMATICO+E+MELHORAR+O+RENDIMENTO+DO+CARRO,00.html

    Responder

    • Luna
      Ago 05, 2011 @ 01:52:27

      Oi Mary!!
      Então esse negocio de fazer ré olhando só pra trás também não gosto não.Sei lá, vc nunca olha pra frente, um dia, por causa disso, meu carro quase encostou no outro porque esqueci de olhar pra frente. concordo com vc!
      Obrigadissima pela matéria! valeu mesmo, amei!!
      Beijos!!

      Responder

  5. giovana
    Ago 04, 2011 @ 21:06:22

    Lunaaaaaaaaaaa sua menina levada!
    tenho saudades da nossa trupi (coisa de véia) no grupo mas é assim que funciona mesmo… hahahahahahaha

    Meo… sabe que eu só tinha medo do inglês e agora li seu post e fiquei apavorada com a direção. =O
    Sua má!
    ahhahahahahaha

    BRincadeiraaaa… mal posso esperar pro post das leis… volta logo!
    ahahhaha
    como se vc fosse super a toa! ¬¬

    Responder

    • Luna
      Ago 05, 2011 @ 01:54:07

      Giii,
      me senti uma velha!!
      Parece que foi ontem que ficávamos conversando no skype sobre as familias que estávamos conversando, né?!
      Aqui é uma loucura, realmente o tempo fica curto, sabe?! mas sim, vou tentar aparecer mais vezes

      Beijocas!!!!

      Responder

  6. Amanda
    Ago 04, 2011 @ 22:58:31

    Adorei o post! Estou ansiosa para o próximo, até pq estou estudando para tirar a DL de WA

    Bjooo

    Responder

  7. Katlen Melo
    Ago 05, 2011 @ 17:11:43

    Nossaaaa !!! vc é perfeita !!! tudo q eu pedi a Deus !!! menina !! muito obrigada por este post !! te te acompanhado a algum tempo e adoro ler o seu bog !!!!
    Eu vou para Carolina do North em 02/10 ahuhauhhaa estou super feliz !!!

    bjussss e ötimo fim de semana pra ti

    Responder

  8. Aline
    Ago 05, 2011 @ 18:34:04

    eu qdo tive as aulas ae, aprendi a dar re usando os retovisores…olhava pra tras pq a fofa me enxia pra fazer isso, ae fiz…mas meio q olhava pra tras, e pra frente, e td…rsrs…e nao sei quanto ao 2, mas o 1, eu usava mtuuuuu em ‘epoca de neve….principalmente na driveway la de casa q vc ja viu q eh tensa… BJjss

    Responder

  9. Serena
    Ago 06, 2011 @ 14:20:32

    Luna a expressao é “behind the wheel” e nao quer dizer atras das rodas, mas sim atras do volante. Volante = steering wheel.

    Quanto a velocidade, costumava ser assim: dentro da cidade, ate 5 milhas a mais eles nao te paravam; e na freeway, era ate 10 miles/h. Só que, com a crise, as cidades precisam arrecadar mais dinheiro, entao eles tao parando por qualquer coisinha, mesmo que minima.

    O negócio é segurar o pé. Ou usar o cruise control. Teu carro tem?

    Responder

    • Luna
      Ago 06, 2011 @ 20:43:07

      Oi serena!!
      Puxa, obrigada pela correção, olha aí eu fazendo uma canelada =D
      Não sabia que podia ficar até 5 milhas não, bom saber. Olha nem sei se meu carro tem isso vou descobrir. Qualquer coisa eu te aviso

      Beijos!!

      Responder

  10. karolzinha
    Ago 14, 2011 @ 17:40:20

    Foi ótimo encontrar alguém com o mesmo medinho que o meu, mas já estou superando, tô pegando o carro do meu pai, dou umas voltinhas pelo quarteirão sozinha, dps vou aumentar o percurso…
    Bjos e adorei seu blog!

    Responder

  11. anoonima
    Dez 11, 2011 @ 16:15:50

    Olá, me chamo anonima , eu sempre quis ter um carro e nada de moto , eu morro de medo de dirigir uma moto e olha que nunca dirigi, mais eu não vejo a hora de dirigir um carro , e talvez perder a coragem de dirigir uma moto, eu sabendo ou não a dirigir uma moto, pretendo comprar um carro que seria completamente mais útil na minha vida social e outra coisas tipo não depender de caronas e gastando com táxi, moto táxi e assim por diante , mais eu agradeço por me dar uma base pois mesmo assim tirou um pouco da minhas duvidas e eu sei que eu posso aprender mais e me adaptar com isto , enfim o outro problemas que eu tenho também é não saber a direção onde irei e como eu lido com isto ? no auto escola ensina isto também? bom é isto um abraço ! e obrigada espero muito que responda esta minha duvida :D:D

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 40 outros seguidores

%d bloggers like this: