Sobre o(s) curso(s)

Faaala my pals!!!!!

Sentiram a originalidade bombando nos títulos né?!

Hoje vou abordar mais um assunto que muito interessa a nós Au Pair (ainda não sou mas tô tentando ser otimista, meu povo): a bolsa que a gente recebe para fazer curso, que é obrigatório.

Primeiramente, vamos entender como essa bagaça funciona.

1- pelo programa Au Pair, a família terá que desembolsar 500 doletas para você fazer o curso que bem entender.

2- não é bem assim e agora vou explicar melhor 😛

Sim, 500 obamas para fazer o curso, que deverá ter no total  de 6 créditos. Não são 500 beijocas por mês, e você só poderá gastar esse dinheiro com curso. Se por um acaso seu curso fechar os 6 créditos e for mais barato que 500 abraços, você não poderá pegar o restante da grana e torrar com outra coisa por exemplo. Esse dinheiro é destinado somente para seus estudos.

A notícia boa (ou ruim, vai depender do seu ponto de vista) é que dificilmente sobra dinheiro. O mais provável que aconteça é que falte dinheiro e que você tenha que tirar do seu bolso o resto do money para completar os créditos. Porque vida de babaca Au Pair, meu amigo, é atribulada. 😛

Isso mesmo. Um dos requisitos para que você complete o programa com louvor, é que se faça os 6 créditos de curso. O total de verba liberada é de 500 cheiros (tô me repetindo, né?!), então (acompanhe o raciocínio) se você faz um curso de sei lá, web design por exemplo, que custe 450 já-tô-sem-critaividade-do-que-colocar-aqui e que te dê 3 créditos, vai te sobrar 50 crie-aqui-a-sua-moeda para você fazer um curso que te dê mais 3 créditos para você fechar seus estudos.

Aí, provavelmente você terá que bancar o outro curso com seu próprio dindin. Pode acontecer, de se a família for legal, tipo assim, muuito legal mesmo, super te considerar, te dar o dinheiro pra fazer o outro curso. Mas isso é uma possibilidade remotíssima, e não dá pra ficar contando com isso. Por isso, pesquise bem os valores de curso, antes de sair por aí se matriculando na primeira universidade que vir pela frente.

Outra coisa: você pode sim fazer o curso que quiser (inglês, business, marketing, web design, etc etc) maaas, porém, contudo, todavia, tem que ser numa universidade que seja “conveniada” (entre aspas porque não sei bem se é esse termo que eles usam) com a sua agência (APC, APIA, CC, e outras). Então antes de se matricular no curso, veja com sua LCC ( a pessoa da agência local responsável por você) veja se a Universidade é conveniada, se não seus créditos não vão contar.

E por último, você fazer o curso SE o horário do curso (curso, curso, curso) for conveniente para a família. Ou seja, seus estudos não podem comprometer seu horário de trabalho, meu amigo.

Então, tirando todos esses pequenos detalhes, você pode fazer o curso se quiser (exceto se: ultrapassar a sua bolsa e você não tiver dinheiro pra pagar, a Universidade não for cadastrada lá na sua agência e se não atrapalhar seu trabalho). Essa lista de exceção está me lembrando de regras de gramática portuguesa: a lista de exceção tá ficando maior que a lista de regra.

Só dá pra saber que curso fazer depois do Match, porque aí sim vamos pesquisar que universidade tem por perto da cidade que vai morar, os cursos e os horários. Mas acho muito válido já saber como a coisa toda funciona.

Harvard - a 1ª Universidade Americana (cultura inútil :P)

Uma outra dica legal que vi no Blog da Jéssica, são cursos de gratis de Inglês em  Igrejas. Tipo, não vão contar créditos, mas pra mim por exemplo, que não quero gastar meus ricos creditinhos estudando inglês (dez anos estudando inglês, já chega né?!) é uma excelente idéia. E também é bom, porque para esses cursos específicos você vai precisar de um inglês decente pra entrar. Daí se você não se garante no seu inglês, faz um desses de graça, e guarda o dinheiro pra fazer um que te interesse e que pode ser na sua área (porque um improvement no curriculum nunca é demais).

Outra dica boa que peguei por aí são as Community College. Os cursos costumam ser bem mais baratchenhos que numa University de verdade, por exemplo. Então se você não fizer questão de estudar numa Stamford, Yale ou Harvard da vida (eu confesso que quero, só pelo glamour :P), pode procurar essas Colleges (que tá para eles como faculdade particular está para a gente, que não tem um peso das universidades públicas).

Bom pessoas, essas são as dicas de hoje e espero que tenham gostado e/ou ajudado. Claro que falarei mais de curso quando estiver lá, e aí poderei dar dicas mais concretas 😀

  … e beijo pra quem fica!!

*UPDATE*

Não existe isso de convênio com agência nenhuma. É só a universidade ser “accredited”, o que equivale a ter autorizacão do MEC pra funcionar. Qualquer universidade estadual ou community college são accredited.

A comparação da CC com faculdade privada não tem nada a ver. Os CC *não dão* a mesma graduação que uma universidade. Pra grande parte dos estudantes, o CC é usado como uma ponte para a universidade de 4 anos, por ser mais barato. Para outros, é usado como meio para iniciar em uma carreira em um nicho específico.

É isso gente. Queria agradecer a Serena que foi uma fofa me corrigindo e evitando que eu saia falando besteira por aí. Brigaduuuu 😀

Anúncios

15 comentários (+add yours?)

  1. Giovana
    Maio 02, 2011 @ 21:25:00

    Não consigo pensar em nada além de famílias…. =/
    Nem em curso, nem em visto, nem em porcaria nenhuma… acho que essa fase e a do visto são as piores, não é possível!
    Meu psicológico num guenta!

    Mas já que é pra pensar em curos a gente pensa logo lá no alto mesmo né… e talvez acabe só com um cursinho de inglês!
    ahahahahhaha
    nossa… tô péssima pra comentar!
    =x

    Responder

  2. Luna
    Maio 02, 2011 @ 21:33:49

    Ai Giiii,
    você é a melhor, seus comentários mesmo sem estar inspirada são ótimos. Eu estou me forçando a pensar em outras coisas sabe, se não vou para a gringa de camisa de força 😛

    beijão!!
    E sempre, muito obrigada pelo apoio!!!!

    Responder

  3. Lane
    Maio 02, 2011 @ 22:10:41

    Luuuuna!!
    Dicas anotadas o/
    Post muito bom. Essa coisa dos cursos são bem complexas e variam muito de lugar para lugar, é bom mesmo quando tem um post tipo assim p esclarecer 🙂
    Beeeeijos linda, e tô esperando o post ‘ON LINE’!!!!
    Eu também tô louuuca p postar esse heuehueheuhe :***

    Responder

    • Luna
      Maio 03, 2011 @ 09:20:54

      Elaine, minha lindona de brasília preferidaaaa,

      maiz uma vez. muito obrigada pelo apoio amorah, não sei o que seria de mim sem vocês!!!

      Beijão!!!

      Responder

  4. Fernanda Prado
    Maio 03, 2011 @ 12:15:23

    Ahahahaahaha… obrigada pela forma que escreveu, me garantiu uns risos aqui!

    Não dá pra planejar muito (ou nada) antes de ir, né? Mas o jeito é torcer pra quando chegar aí dar tudo certo… mas, como não vivemos num conto-de-fadas, o jeito é só torcer mesmo.

    Guardo tudo esses posts pra consultar nos States… valeu, Luna! =o)

    Responder

  5. Serena
    Maio 03, 2011 @ 15:42:33

    Amiga, não existe isso de convênio com agência nenhuma. É só a universidade ser “accredited”, o que equivale a ter autorizacão do MEC pra funcionar. Qualquer universidade estadual ou community college são accredited.

    A tua comparação de CC com faculdade privada não tem nada a ver. Os CC *não dão* a mesma graduação que uma universidade. Pra grande parte dos estudantes, o CC é usado como uma ponte para a universidade de 4 anos, por ser mais barato. Para outros, é usado como meio para iniciar em uma carreira em um nicho específico.

    Adorei as fotos do post, principalmente a do meu amigo Chico. =)
    E do jeito que vc escreveu o post, as moedas usadas me fizeram rir. =)

    Responder

    • Luna
      Maio 03, 2011 @ 19:13:25

      Oi Serenaaaa,

      primeiramente, muito obrigada por passar aqui no meu blog =D
      E valeu pelas correções das minhas “caneladas”, que bom que agora posso passar a informação certa para as pessoas.
      Vou fazer num update no post com as informações corretas 😀

      brigaduuuuu

      Beijão!!

      Responder

  6. Juh Saraiva
    Maio 03, 2011 @ 20:07:37

    Adoreii Lunaaa, muito bom msm, mas me diga o que são esses créditos boiei ( ksoakosksoa) ..
    Mesmo fazendo minhas as palavras da Giio em pesnar só em familias, queria saber o que é isso são não vou conseguir durmir essa noitee skoaksoa !! ..
    Beijos my pal ! .. adorei msm este post .. muito útil hein

    Responder

    • Luna
      Maio 03, 2011 @ 20:20:45

      Então Juuuuuu mu pal linda,

      funciona assim: créditos seriam horas de cursos. Pelo que entendi, normalmente 3 créditos corresponderiam a 45 horas de cursos. No caso, nós teriamso que fazer 90 horas de cursos para finalizarmos o programa, que equivalem a 6 créditos =D

      Espero ter respondido a sua pergunta 😀

      Beijão!!

      Responder

  7. Dani
    Maio 03, 2011 @ 20:21:40

    Adorei o post! 😀

    Responder

  8. Juh Saraiva
    Maio 03, 2011 @ 20:23:29

    AAAAAAAAAAAAAAAAh era isso ! ksoaoskoa me senti uma burra ksoaksoako !! .. Brigada amor, sempre atenciosa e lindaa né !! beijos my pal

    Responder

  9. Becca Maia
    Maio 03, 2011 @ 21:38:51

    Luna, parabéns! Acho que você não esqueceu de nada.
    Já fui au pair e hoje estudo em uma community college. Só discordo um pouco do que você disse aqui nesse sentido: Fiz faculdade particular no Brasil, que hoje tem, no meu estado, o mesmo peso de uma pública, e mais estrutura. Foi uma questão de escolha do meu curso e de estrutura, como falei. Hoje faço uma community college aqui nos EUA. Elas são escolhidas normalmente por jovens que não tem grana e que precisam trabalhar ao mesmo tempo que estudam, o que numa Universidade famosa é complicado devido à carga horária e ao ABSURDO que elas cobram. Tomara que não te desiluda, mas os cursos dessas glamourosas são muuuito caros, impossíveis de pagar (no meu caso que tenho visto de estudante e preciso pagar no mínimo 12 créditos por semestre)!! Mas talvez cursos de inglês e programas de ESL sejam mais acessíveis. Bom, era isso…muita sorte pra ti, adorei seu jeito de escrever! e as informações são super válidas, sorte da au pair iniciante que vier ler!
    beijos!

    Responder

    • Luna
      Maio 03, 2011 @ 21:48:08

      Becca tem razão,
      hoje em dia tem muita faculdade particular excelente, foi só pra generalizar mesmo porque a grande maioria realmente não tem a mínima condição, e a gente pergunta como o MEc permite, né??!! Obs.: eu tb sou formada em uma particular 😉

      E quanto as Universidades glamour vou ficar só na vontade mesmo, porque sei que é muito caro, muito mesmo. Mas mesmo assim, obrigada pelas informações, pode ter certeza que quando fechar um match vou te procurar pra saber melhor sobre cursos e tal =D
      Beijocas!!!

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 40 outros seguidores

%d bloggers like this: